quarta-feira, fevereiro 25, 2004

PARABENS PROVETA!

À atenção dos pais que não são férteis:

Carlos Miguel Mondim Saleiro, que nasceu às 13:30 do dia 25 de Fevereiro de 1986 no Hospital de Santa Maria, é, hoje, um jovem de 18 anos jogador de futebol da Equipa B do Sporting, actuando como «ponta-de-lança».

O primeiro bebé-proveta nascido em Portugal, espera, no entanto, ser conhecido pelos brilharetes que faz no desporto rei e não por ser um marco na história da ciência portuguesa.

O método de fertilização «in vitro» foi utilizado em 1978 pela equipa chefiado por Robert Edwards, na Bourn Hall Clinic, em Cambridge. Actualmente este método continua a ser utilizado, em situações simples como nos casos do bloqueamento das trompas de Falópio.

Na altura este processo de Mary Louise Brown, o primeiro bebê de proveta da história oito anos antes do português, foi revolucionário sendo, pouco tempo antes, assunto do domínio da ficção.

O método consiste em retirar o óvulo do ovário da mulher, antes da libertação para as trompas e fecundá-lo com o esperma doado pelo homem numa proveta. Após a fecundação, o embrião é implantado no útero da mãe. A gestação decorre normalmente durante nove meses.

Portugal é o único país da Europa que neste momento não tem uma definição legal da prática de técnicas da medicina assistida. Falta, nomeadamente, a capacidade de decisão política.