quinta-feira, junho 24, 2004

VAMOS LÁ!

Portugal e Inglaterra jogam esta quinta-feira a passagem às meias-finais do Euro 2004.

Agora é mesmo um jogo do «mata-mata», como Scolari lhe chama. Quem ganhar, continua em prova, quem perder arrumas as malas e vai para casa.

Até poderá dizer-se que Portugal se viu grego para chegar a este jogo dos quartos-de-final. O Euro começou mal para as cores nacionais com uma derrota por 2-1 frente à selecção grega. Depois, duas finais: primeiro na Luz diante da Rússia e finalmente o duelo ibérico, com mais um triunfo.

A Inglaterra também começou o torneio com o pé esquerdo. Frentes aos franceses, os jogadores de Sua Majestade sofreram dois golos em dois minutos e foram derrotados por Zidane e companhia. Depois, tal como Portugal, duas vitórias. Frente à Suiça, três golos sem resposta. Contra a Croácia, um triunfo por 4-2. Duas partidas nas quais Wayne Rooney esteve em destaque e se tornou o melhor marcador da campeonato.

Por Portugal, Scolari deverá apostar numa equipa bem diferente da que iniciou o Euro. Ao todo, seis jogadores já trocaram de lugar. Rui Costa e Fernando Couto ficam no banco e, além do experiente Figo, é Deco, Ricado Carvalho e Cristiano Ronaldo quem brilha.

Com o Estádio da Luz cheio, e talvez com uma maioria de adeptos ingleses, tudo ficará decidido a partir das 19:45. E, para os mais supersticiosos, fica a nota de que faz esta quarta-feira quatro anos que Portugal garantiu o apuramento para as meias-finais do Euro 2000. Exactamente o objectivo de agora.